Unipec - RJ

Você está em:
Postado . Atualizado à

Como vender quando ninguém está comprando?

“Não espere resultados diferentes fazendo sempre a mesma coisa” é um provérbio popular que todo mundo concorda, mas que no dia a dia quase ninguém pratica. Um exemplo é o momento que vivemos atualmente.

“Não espere resultados diferentes fazendo sempre a mesma coisa” é um provérbio popular que todo mundo concorda, mas que no dia a dia quase ninguém pratica. Um exemplo é o momento que vivemos atualmente.

Diante de um cenário de escândalos envolvendo corrupção, crise política e ajustes econômicos que afetam diretamente as vendas e os negócios em praticamente todos os setores, grande parte das empresas continua trabalhando da mesma forma, como se nada tivesse acontecido. Reclamam e revoltam-se, com todo o direito, sobre a situação do país, da queda dos investimentos, das vendas e do faturamento, mas mantêm o mesmo ritmo de antes da crise.

O cenário mudou, mas continuam fazendo a mesma coisa, esperando resultados diferentes.

Ou pior ainda, ficam paralisadas, esperando as coisas voltarem ao normal.

Mas as previsões são unânimes: a crise vai ser longa. Diante de tanta incerteza é natural hesitar para aguardar o rumo dos acontecimentos, mas essa hesitação não pode se transformar em paralisação. É preciso adaptar-se a um novo cenário, com novos orçamentos, novas necessidades e prioridades.

Então como vender quando ninguém está comprando? Nesse momento é hora de mudar a pergunta: As pessoas ainda querem comprar o que eu vendo?

E, ainda, acrescentar outras:

- O que você vende atende as atuais necessidades dos seus clientes?

- Elas sabem o que você vende?

- Você sabe o que eles querem?

Nesta série de artigos, vamos definir os passos necessários para direcionar seus investimentos de marketing para conectar sua empresa às pessoas que necessitam comprar o que você vende.